Arquivo da categoria: Pet Med News

Pet Med News: Europa e Agenda Internacional de Eventos 2017

Pet Med esteve com seu parceiro Vetlima, na Europa, para lançar a Roupa Pós-Cirúrgica com Tecnologia Dry no Congresso Montenegro, Portugal. Também, lançará esta tecnologia em diversos eventos na Europa durante o ano, entre eles Espanha, França e Inglaterra.

Profissionais da Pet Med estiveram com o distribuidor que representa os produtos Pet Med em alguns países na Europa no início deste ano, para formações, treinamentos, visitas e pesquisa de campo para lançamento e desenvolvimento dos produtos da Pet Med na Europa.

Como a Pet Med planeja o lançamento de seus produtos com todos os parceiros e até fora do Brasil?

Quando a Pet Med lança um novo produto, é necessário que todos os Canais de Vendas estejam alinhados.

No Brasil, a Pet Med conta com a liderança das sócias Fernanda Bragion Loewenthal, Fabiana Bragion e da reconhecida profissional do mercado de varejo, Simoni Reina coordenando as ações de vendas nos distribuidores nacionais, megastores como Cobasi, Petz, 100% Pet, Pet Camp e mais de 3 mil clientes por todo o Brasil.

Já no mercado internacional, a Pet Med, a cada ano, aprende mais a respeito do perfil de cada país e planeja ampliar seu marketshare neste ano.

Como foi a participação da Pet Med no Congresso Montenegro?

Participamos do Congresso Montenegro, em Santa Maria da Feira, norte de Portugal e percebemos que o conceito de qualidade de vida na recuperação dos animais de companhia está cada vez mais presente no dia-à-dia dos portugueses.

Tivemos a informação de que 80% dos veterinários de Portugal já utilizam a Roupa Pós-Cirúrgica Pet Med.

Quais são os planos para 2017 e quais eventos a Pet Med deverá participar?

Vejam a agenda de eventos Internacionais da Pet Med para 2017, onde lançaremos a nova tecnologia Dry nas Roupas Pós-Cirúrgicas:

  • 4 a 8 de Fevereiro NAVC Estados Unidos
  • 17 e 18 de Fevereiro – Congresso Veterinário Montenegro (Santa Maria da Feira – Portugal) – Parceiro Vetlima
  • 16,17 e 18 de Março – Iberzoo+Propet – AMVAC/Vetmadrid (Madrid – Espanha) – Parceiro Vetlima
  • 4 a 7 de abril – LAVC (Lima – Peru)
  • 4 a 6 de maio – Expo Mascotas (Santiago – Chile)
  • 9 e 10 de Junho – France Vet (Paris – França)
  • 9 a 11 de Novembro – AVEPA (Barcelona – Espanha
  • 16 e 17 de Novembro – London Vet (Londres – Inglaterra

Quais os diferenciais dessa tecnologia e qual a mensagem que Pet Med

deixa para os veterinários e donos de animais?

A Tecnologia Dry, a mesma utilizada em materiais esportivos de alta performance, traz os seguintes diferenciais:

– Conforto Térmico e rápida secagem através de um material anatômico, flexível e muito resistente, que otimiza e proporciona mais conforto durante a recuperação.

Pensamos sempre no bem estar dos animais. Então, a mensagem que podemos deixar é que os animais merecem os nossos melhores gestos. Eles não podem falar, mas podem sentir quando damos a eles o nosso melhor. Por isso, a Pet Med segue o conceito de levar a melhor experiência para os animais no momento em que eles mais precisam.

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos, Divulgação, Fotos, Pet Med News, Saúde Animal

Pet Med News: NAVC 2017


  • De 1 a 8 de fevereiro de 2017, a Pet Med visitou o maior congresso do mundo dedicado aos veterinários e conversou com médicos veterinários que têm suas carreiras consolidadas nos EUA.

    Com mais de 17 mil participantes, entre médicos veterinários, empresários e profissionais da área veterinária, a NAVC Conference, contou com mais de 4800 estandes de novidades e inovações no setor que cresce a cada ano. Antes deste evento, a Pet Med fez reuniões com o Dr. Carlos Souza, no Small Animal Hospital da Universidade da Flórida e o Dr. José Barbosa, do Hallandale Hospital, próximo a Miami, para saber mais sobre os produtos Pet Med nos EUA, ou seja, um novo conceito em recuperação focado em qualidade de vida.

    O que é a  NAVC e qual seu propósito?

    Pet Med: A NAVC WWW.navc.com é uma organização sem fins lucrativos que oferece serviços de desenvolvimento profissional e seu propósito é a formação especializada, atualização e a conexão global entre os profissionais veterinários ano após ano.

Registrants in NAVC 2017

Qual o objetivo da Pet Med em visitar este evento?

Pet Med: Todos os anos a Pet Med, através de seus profissionais e sócios, participa de diversos eventos no Brasil e mundo para pesquisar novas tecnologias, demandas e conversar com os veterinários de diferentes partes do mundo para entender como cada comunidade avança na questão de recuperação dos Pets com qualidade de vida.

Os Estados Unidos possui a melhor tecnologia na recuperação com qualidade de vida?

Pet Med: “Acreditamos que sim em muitas especialidades de proteção, mas temos uma lacuna a ser preenchida com as Roupas Pós-Cirúrgicas com Tecnologia Dry, uma nova tecnologia de conforto térmico, a mesma encontrada em artigos esportivos de alta performance”, e foram desenvolvidas especialmente para o mercado Europeu e Norte Americano, responde Leandro Toledo, responsável pela exportação da empresa Pet Med.

“Quando a Pet Med inicia uma parceria em um novo país, o principal trabalho a ser desenvolvido é o entendimento do novo conceito em recuperação. Por exemplo, nos Estados Unidos, o colar elizabetano ainda é utilizado na maioria dos casos de recuperação pós-cirúrgica e problemas dermatológicos.” explica Fabiana Bragion, sócia e responsável pelo Comercial da empresa.

Entretanto, nós consideramos ser os produtos Pet Med, uma experiência mais confortável na recuperação dos Pets. Então, introduzimos aos veterinários o novo conceito, mostrando os benefícios de cada produto Pet Med”, completa Claudia Barbagli, gerente de Marketing da empresa.

Como foi a aceitação dos produtos nos EUA e quais os próximos passos?

Fizemos reuniões com renomados e experientes cirurgiões do Small Animal Hospital da Universidade da Flórida e no Hospital de Hallandale em Miami e tivemos um ótimo feedback sobre os produtos Pet Med. Eles acreditam que os produtos possuem qualidade Premium e precisam estar acessíveis a todos os veterinários e pets do mundo.

“Acreditamos que com a aceitação que já existe no Brasil, Europa, América Latina e Estados Unidos, devemos estar em todos os grandes eventos veterinários do mundo para que conheçam nossa tecnologia”, conclui Leandro Toledo.

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos, Divulgação, Pet Med News, Saúde Animal, Variedades

Lançamento da Tecnologia Dry – Petsa e Vet Expo 2016

A Pet South America 2016 foi realizada entre os dias 30 de agosto e 1 de setembro de 2016 e a maior novidade da Pet Med na Feira foi o lançamento da Nova Tecnologia Dry. Roupas Pós-Cirúrgicas com as modelagens: “Regular para Cirurgias abdominais para Cães”, “Castração de Cães Machos” e “Regular para cirurgias abdominais em Gatos”.  

Após a Pet South America, a Pet Med esteve no Congresso Vet Expo, especializado na área veterinária e os veterinários ficaram surpresos com a Tecnologia Dry de Alta Performance. 

2017 tem mais, salvem as datas:

  • 15 a 17 de agosto Pet South America;
  • 17  a 19 de Outubro Vet Expo.

Deixe um comentário

Arquivado em Divulgação, Pet Med News, Variedades

Pet Med News: Animais podem ser resgatados de maus-tratos sem mandado judicial

É muito comum nas nossas cidades nos depararmos com aquela cena do vizinho que se muda ou se ausenta por longo período e deixa seu pobre e indefeso cão condenado à própria sorte, sob o frio e chuva, sem água e nem comida. Comovidos com a dor e sofrimento diário do bichinho, a vizinhança e transeuntes tentam alimentá-lo, já outros denunciam o abandono à polícia ou desabafam nas redes sociais.
download
Temendo a questão legal da inviolabilidade do domicílio alheio, a maioria das pessoas refutam a ideia de promover o pronto e imediato resgate do animal. Esperam por uma providência do Poder Público, tentam contactar o dono do imóvel ou algum parente conhecido que tenha autorização de lá ingressar sem problemas. Enquanto isso, os maus-tratos vão devorando a saúde do cão que, debilitado, parece sucumbir à negligência de seu proprietário.
Acontece que a regra da inviolabilidade do domicílio, assim como qualquer outra disposta nas nossas leis vigentes, não é absoluta. A própria Constituição Federal é clara ao proclamar que a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito. Igualmente, o Código Penal, após tipificar o delito de violação de domicílio, faz a ressalva de que não constitui crime a entrada ou permanência em casa alheia ou em suas dependências a qualquer hora do dia ou da noite, quando algum crime está sendo ali praticado ou na iminência de o ser.
Acertadamente, nossa legislação não elegeu quais infrações penais seriam autorizativas da invasão do domicílio alheio, foi genérica e abrangente. Aí, naturalmente, incluindo os delitos derivados de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, fauna e flora, como, p. Ex., o crime da prática de ato de abuso, maus-tratos, ferimento ou mutilação de animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos – Art. 32, da Lei 9.605/98.
Para quem não é acostumado ao juridiquês, bom ressaltar que o crime do Art. 32 da Lei de Crimes Ambientais possui elementar que pode perfeitamente classificá-lo como crime omissivo permanente, qual seja, “maus-tratos”. O Dicionário Priberam Eletrônico assim define maus-tratos: “conjunto de ações ou comportamentos infligidos a outrem e que colocam em perigo a sua saúde ou integridade física e que constitui delito (pode incluir trabalho impróprio ou excessivo, castigos físicos ou outras punições, alimentação insuficiente, negligência nos cuidados de saúde etc)”.
Assim, em síntese, enquanto não cessada a omissão e negligência do dono do animal em situação de grave e periclitante abandono, o crime se protrai no tempo, podendo o sujeito ativo do delito receber voz de prisão em flagrante a qualquer momento, cessando a consumação do crime.
O Código de Processo Penal também chancela a conduta de resgate do animal vítima de maus-tratos, na modalidade omissiva permanente. Prescrevendo que qualquer do povo poderá e as autoridades policiais e seus agentes deverão prender quem quer que seja encontrado em flagrante delito. Ao arremate, esclarece esse Diploma que nas infrações permanentes, entende-se o agente em flagrante delito enquanto não cessar a permanência (Art. 303).
Em conclusão, a garantia (não-absoluta e flexível) da inviolabilidade do domicílio fica condicionada ao atendimento das leis do País, abrangido o respeito, amor e dedicação aos animais e suas necessidades básicas de uma existência digna.
Caso contrário, o flagrante delito contra o meio ambiente deverá ser contido por pessoa, entidade ou órgão habilitado a promover o resgate do animal, sem excessos, lavrando-se, ato contínuo,a ocorrência policial, para responsabilização civil, penal e administrativa do agente descuidado.
Fonte Imagem: Reprodução Internet

Deixe um comentário

Arquivado em Pet Med News